sábado, 18 de setembro de 2010

A Naturêza é Generosa Mais Não Perdoa

Uma importante obra de esgotamento sanitário foi construida na região do Subaé,vai atender uma comunidade carênte basicamente de saneamento. Òtimo para população os benifícios que a obra patrocinada pelo PAC,e coordenada pela EMBASA. Uma obra daquele porte,naturalmente causa um impacto grande,principalmente aquela que teve as manilhas asentadas dentro da lagoa onde nasce o rio Subaé. Em consequência da construção grande quantidade de pedras e cascalhos foram jogado as margens da lagoa, destruindo quase que totalmente a vegetação natural nativa em torno da lagoa. Os movimentos da sociedade civil organizada;Movimento Àgua é Vida; Associação Ecológica Burití; SOS Paraguaçu;Movimento em Pról do rio Pojuca; Associação de  proteção aos animais entre outras,revindicam a quem de direito a retirada dos resíduos que encubriram o solo natural as margens da lagoa registrada através fotos. Nada foi feito. Qualquer pessoa que visitar equele local nesses dias depois de dois ou três meses chuvoso,irão pensar que todos os movimentos estão errados. A vegetação existente bonita verdes não é a vegetação nativa,e sim sementes levada pela enchorradas que decem do alto com o tempo chuvoso suas sementes brotaram é o que está acontecendo. E quando o verão chegar?  Respostas com quem de direito. Vamos continuar juntos salvar o que ainda existe do rio subaé.

Um comentário:

Alexandre Pitante disse...

Paz do Senhor,

Parabéns, pelo seu trabalho neste blog. Que Deus em Cristo Jesus continue lhe abençoando poderosamente.

Estou seguindo o vosso blog.

Aproveito pra lhe convidar a visitar meu blog também. Avivamento pela Palavra é um blog voltado aos amantes da Bíblia sagrada como Verdade Absoluta e que só através Dela seremos mais crentes e mais cheios do Espirito Santo. Comente, pois seus comentários são muito importante para mim poder estar sempre em melhorias no meu blog.

http://www.alexandrepitante.blogspot.com/

Siga-nos também.

Fica com Deus.
Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.