sexta-feira, 30 de setembro de 2011

'Folha artificial' transforma luz solar em combustível

Cientistas americanos desenvolveram uma "folha artificial" que transforma a luz do sol em um combustível químico capaz de ser armazenado e usado posteriormente, segundo um estudo publicado esta sexta-feira na revista científica "Science".

Quando colocada em um contêiner com água, a célula solar de silício --equipada com materiais catalíticos nas duas faces-- produz bolhas de oxigênio de um lado e bolhas de hidrogênio do outro, que podem ser separadas e coletadas.

Os gases alimentam então uma célula combustível, que os recombina dentro d'água, enquanto gera uma corrente elétrica, explicou o chefe das pesquisas, Daniel Nocera, do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts).

O artigo da "Science" dedicado ao dispositivo também foi assinado por seis cientistas da empresa especializada em energia solar Sun Catalytix, fundada por Nocera.

Segundo o pesquisador, a folha é feita inteiramente de materiais abundantes e baratos.

A manta de silício semicondutor é coberta de um lado por um catalisador à base de cobalto, que libera o oxigênio, e do outro, por uma liga de níquel, molibdênio e zinco, que separa o hidrogênio.

"Penso que haverá oportunidades reais para esta ideia", antecipou Nocera, em um comunicado que acompanhou o artigo.

O dispositivo "é superportátil, não precisa de fios, é leve, e não exige muito em termos de equipamento adicional, além da forma de capturar e armazenar os gases que borbulham", acrescentou.

Apesar dos bons prognósticos, o dispositivo não ficará pronto para produção comercial até que sistemas sejam desenvolvidos para coletar e usar os gases, afirmou.

"Foi um passo", resumiu Nocera. "Está na direção certa."

Movimento Água é Vida apresenta sua nova logomarca

É com grande satisfação que o Movimento Água é Vida apresenta sua nova logomarca, desenvolvida pelo Diretor de Marketing da entidade, Adauto Sampaio.

Segundo o Diretor Superitendente do movimento, Carlos Souza, a mudança tem como intuito demonstrar a nova fase vivenciada pelo MAV, repleta de conquistas positivas. '' A nova logomarca, com duas mãos segurando o planeta, revela o espirito do Movimento Água é Vida, que é a união de todos na busca de um planeta ecologicamente viável.'', pontuou Carlos.

A Amazônia não é o Pulmão do Mundo

Não se sabe quem utilizou esta expressão pela primeira vez, mas o sentido dela é que na Amazônia haveria uma enorme produção de oxigênio, o que na verdade não corresponde a realidade, segundo especialistas.

Não se sabe quem utilizou esta expressão pela primeira vez, mas o sentido dela é que na Amazônia haveria uma enorme produção de oxigênio, o que na verdade não corresponde a realidade, segundo especialistas. Descobertas científicas demonstram que a floresta amazônica encontra-se em estado de “clímax ecológico”: toda a biomassa (o conjunto de matéria viva da região) acaba sendo utilizada por outros organismos para seu metabolismo, produzindo dióxido de carbono. É verdade que a floresta produz uma imensa quantidade de oxigênio mediante a fotossíntese durante o dia. porém, as plantas superiores e outros organismos associados vivendo nessa mesma floresta respiram 24 por dia, ou seja o oxigênio que a floresta produz acaba sendo utilizado na respiração dela mesma. É importante salientar que a floresta amazônica constitui um enorme reservatório de carbono e, quando queimada, produz dióxido de carbono, aumentando assim o “efeito estufa”.

A Amazônia não é o “pulmão do mundo” no sentido comum do termo. No entanto, o sistema florestal da região, alem de evitar a erosão, funciona como uma “esponja”, absorvendo substâncias trazidas pelos ventos e pelas chuvas, sob a forma de poeira e partículas, da África e do Atlântico. Amazônia não é o 'pulmão do mundo', aponta pesquisador. Na capa de muitos jornais, sites, comunidades virtuais e blogs a Amazônia ainda é encarada como o grande “pulmão do mundo”. A idéia de que a floresta seria uma grande purificadora do ar, transformando gás carbônico em oxigênio, já foi desmentida por muitos cientistas, mas ainda sobrevive por aí. Apenas em dois textos do Blog da Amazônia, há 16 comentários que tratam a floresta dessa forma.

Apesar de haver muitas provas de que a Amazônia não exerce esse papel, é consenso entre os pesquisadores que as extensas áreas de floresta do Norte do Brasil têm grande influência no clima do planeta. Mesmo não sendo o tal pulmão, a Amazônia ainda seria um órgão vital.


Floresta em equilíbrio

Pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e um dos cientistas mais respeitados no mundo quando se fala de aquecimento global, o erro já começa no próprio apelido que se deu à Amazônia: “O pulmão não supre o oxigênio, ele tira.” O pesquisador explica que a floresta está em equilíbrio. Todo o gás carbônico capturado por meio da fotossíntese é liberado novamente à atmosfera quando as plantas respiram e quando as árvores morrem e entram em decomposição.

Feranside ressalta, contudo, que o fato de a Amazônia não funcionar como o tal “pulmão do mundo” não significa que ela possa ser destruída. O desmatamento de milhões de quilômetros quadrados de floresta poderia desregular o regime de chuvas e acentuar o aquecimento global.

Círculo vicioso
A floresta está em equilíbrio apenas quando está em pé. Se ocorre uma queimada ou desmate, grandes quantidades de gás carbônico são liberadas na atmosfera, contribuindo para o efeito estufa. Hoje, o Brasil ocupa o quarto lugar entre os maiores emissores de gases que causam esse problema, sendo que cerca de três quartos dessa poluição provêm da destruição da mata. De acordo com Fearnside, o desmatamento é um péssimo negócio para o Brasil. “Além de emitir muito mais carbono do que o combustível fóssil, ele também traz muito pouco benefício para a economia do país, gera muito pouco emprego”, avalia.

Com o aquecimento do planeta, a floresta corre o risco de entrar em um círculo vicioso de destruição e emissão de gases de efeito estufa, revela o cientista: “Na medida em que se começa a esquentar na Amazônia, morrem muitas as árvores. Com o aumento da temperatura, as árvores também precisam de mais água, e aí aumentam os problemas de incêndio. Além disso, esquenta-se o solo, que começa a liberar carbono. As grandes secas que houve na Amazônia, como a que aconteceu em 2005, tendem a aumentar.”

Falta de água
Ainda que o desmatamento e as queimadas não liberassem gases de efeito estufa, a transformação da floresta em pastos ou plantações poderia mudar radicalmente o regime de chuvas. Fearnside explica que grande parte das chuvas do Centro-sul do Brasil são causadas por ventos que trazem vapores da mata no Norte. “Se transformarmos a floresta em pastagens, as chuvas cairão lá (na Amazônia) e irão direto para o oceano. A água não será mais evaporada”, revela.

Além da falta de água potável – problema que já afeta periodicamente a cidade de São Paulo – a diminuição das chuvas também acarretaria na falta de energia. “No Centro-sul há muitas barragens, que geram energia para o Brasil. Essas hidrelétricas enchem em poucas semanas. Se falharem as chuvas nessas semanas críticas, as represas não enchem pelo resto do ano.”, alerta o pesquisador.

O Açaí, fruto típico de uma palmeira amazônica, ganhou o mundo

O Açaí, fruto típico de uma palmeira amazônica, ganhou o mundo. É vedete nas lanchonetes de cidades litorâneas do Brasil, em quiosques de Los Angeles e Nova Iorque (EUA) e até em Paris (França). Açaí, típico da região Amazônica, fruto do açaizeiro (Euterpe oleracea, família Palmae) é muito utilizado pelos habitantes no preparo de sucos, vinhos, doces, licores e sorvetes. O açaizeiro é uma palmeira tipicamente tropical, encontrada no estado silvestre e faz parte da vegetação das matas de terra firme, várzea e igapó. A palmeira também é explorada na região para a extração do palmito. Conhecido por ter uma polpa com grande poder nutritivo, a fruta é consumida no mundo todo em bebidas, mix de frutas, sorvetes e cápsulas.

Na região amazônica, o suco feito com a polpa é conhecido como “vinho de açaí”. Consumido geralmente com farinha de tapioca, faz parte da alimentação local. Hoje, o estado que lidera a produção é o Pará, com quase 90% do mercado, mas o açaí é apreciado em toda a região amazônica e recentemente tem sido também consumido pelos estados do Sul e Sudeste do Brasil, principalmente por academias e atletas.

Despolpamento do fruto
Pelo despolpamento do fruto, obtem-se o tradicional "vinho do açaí", bebida de grande aceitação e bastante difundida entre as camadas populares, considerado um dos alimentos básicos da região. O caroço (endocarpo e amêndoa), após decomposição é largamente empregado como matéria orgânica, sendo considerado ótimo adubo para o cultivo de hortaliças e plantas ornamentais.


Utilização da Estirpe do Açaí
Quando adulto e bem seco, a estirpe é bastante utilizado como esteio para construções rústicas, ripas para cercados, currais, paredes e caibros para coberturas de barracas, lenha para aquecimento de fornos de olarias. Experiências realizadas pelo Idesp-Pará, demonstraram a sua importância como matéria-prima para produção de papel e produtos de isolamento elétrico.

A Copa
As folhas do açaí servem para cobertura de barracas provisórias e fechamento de paredes, especialmente as de uso transitório como as utilizadas pelos roceiros e caçadores. Quando verdes e recém-batidas, servem como ração, sendo bastante apreciada pelos animais. As folhas do açaizeiro, após trituração, também fornecem matéria-prima para fabricação de papel. Na base da copa, constituída pela reunião das bainhas e o ponto terminal do estipe, encontra-se um palmito de ótima qualidade e muito procurado pelas indústrias alimentícias.

As bainhas da folhas, por sua vez, após separação para extração do palmito e os resíduos deste, são utilizadas como excelente ração para bovinos e suínos, bem como - após decomposição - excelente adubo orgânico para hortaliças e fruteiras.

A Planta
É palmeira de belo porte, apresentando-se bastante alta, quando em concorrência na floresta, porém de porte médio se cultivada isoladamente ou sem influência de árvores de grande porte. Presta-se com ótimos resultados para ornamentação de jardins e parques. Pelas características de cultura permanente, pode ser recomendada para proteção do solo, por apresentar uma deposição constante de folhas, aliado ao sistema radicular abundante que possui.


Importância Comercial
O açaí é de importância incalculável para a região amazônica em virtude de sua utilização constante por grande parte da população, tornando-se impossível, nas condições atuais de produção e mercado, a obtenção de dados exatos sobre sua comercialização. A falta de controle nas vendas, bem como a inexistência de uma produção racionalizada, uma vez que a matéria-prima consumida apoia-se pura e simplesmente no extrativismo e comercialização direta, também impedem a constituição de números exatos.

Variedades
O açaizeiro apresenta duas variedades bastante conhecidas pelo homem interiorano, cuja diferenciação é feita apenas pela coloração que os frutos apresentam quando maduros, as quais podem ser assim caracterizadas:
Açaí Roxo:
É a variedade regional predominante conhecida com açaí preto, pois seus frutos apresentam, quando maduros, uma polpa escura, da qual se obtém um suco de coloração arroxeada "cor de vinho", originando assim, a denominação popular de "vinho de açaí".
Açaí Branco
É assim denominado por produzir frutos cuja polpa, quando madura, se apresenta de coloração verde-escuro brilhante, fornecendo um suco (vinho) de cor creme claro.

Além de ser aproveitado de todas estas formas, o palmito do açai, que é muito apreciado e considerado como um prato fino, é comercializado em grande escala e chega a ser exportado.


Bom para a Saúde
O mais recente resultado da pesquisa traz nova boa notícia aos consumidores do açaí. Em artigo publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry, os cientistas descrevem que os antioxidantes contidos no fruto são absorvidos pelo organismo humano. O estudo envolveu 12 voluntários, que consumiram açaí em polpa e na forma de suco, esta última contendo metade da concentração de antocianinas – pigmentos que dão cor às frutas – do que a versão em polpa. Os dois alimentos foram comparados com sucos sem propriedades antioxidantes, usados como controle.

Amostras do sangue e da urina dos participantes foram tomadas 12 e 24 horas após o consumo e analisadas. Segundo os pesquisadores, tanto a polpa como o suco apresentaram absorção significativa de antioxidantes no sangue após terem sido consumidos. "O açaí tem baixo teor de açúcar e seu sabor é descrito como uma mistura de vinho tinto e chocolate. Ou seja, o que mais podemos querer de uma fruta?", disse Susanne Talcott, principal autora do estudo, do qual também participaram cientistas das universidades do Tennessee e da Flórida.

Segundo ela, trabalhos futuros poderão ajudar a determinar se o consumo do açaí pode resultar em benefícios para a saúde com relação à prevenção de doenças. O grupo do qual faz parte tem estudado a ação do açaí contra células cancerosas. “Nossa preocupação é que o açaí tem sido vendido como um superalimento. E ele definitivamente tem atributos notáveis, mas não pode ser considerado uma solução para doenças. Há muitos outros bons alimentos e o açaí pode ser parte de uma dieta bem balanceada”, disse Susanne.

O artigo Pharmacokinetics of anthocyanins and antioxidant effects after the consumption of anthocyanin-rich açai juice and pulp (Euterpe oleracea Mart.) in human healthy volunteers, de Susanne Talcott e outros, pode ser lido por assinantes do Journal of Agricultural and Food Chemistry em http://pubs.acs.org/journals/jafca

Brasil apresentará em novembro à ONU sua posição na Rio+20

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, afirmou nesta quinta-feira (29) que o Brasil deve concluir até 1º de novembro a elaboração de uma posição interministerial do país em relação à Rio +20.

O encontro, que deverá acontecer no Rio de Janeiro no próximo ano, vai debater o desenvolvimento sustentável em comemoração aos 20 anos da Rio 92, considerada uma das primeiras cúpulas ambientais da Organização das Nações Unidas (ONU).

“Estamos no processo de conclusão da posição nacional, que será transmitida às Nações Unidas. A partir do começo de 2012, vamos iniciar a negociação intergovernamental (entre os países participantes) para chegarmos ao documento final da Rio+20”, explicou.

Segundo Patriota, o tema já foi debatido entre os países membros do Basic, grupo de nações emergentes que reúne Brasil, África do Sul, Índia e China, durante encontro que aconteceu no mês passado, em Minas Gerais, e agora estará na pauta do encontro da presidente Dilma Rousseff com representantes da União Europeia nos dias 3 e 4 de outubro, em Bruxelas, na Bélgica.

Entretanto, o ministro comentou que ainda é cedo para saber se o encontro do Rio de Janeiro conterá metas obrigatórias para os países relacionadas ao desenvolvimento sustentável. “Ainda é cedo para falar com especificidade (…) Queremos que o encontro seja não só uma avaliação do que se fez nos últimos 20 anos, mas uma reflexão dos próximos 20 anos, incorporando as vertentes econômica, social e ambiental”, explicou.

Protocolo de Kyoto – O ministro afirmou que estará em pauta também no encontro na Europa a posição que o Brasil e as nações do Velho Continente terão na Conferência das Partes (COP 17), que vai acontecer na África do Sul entre novembro e dezembro, e terá como principal foco a sobrevivência do Protocolo de Kyoto.

O acordo climático obriga a redução das emissões de gases de efeito estufa de parte das nações desenvolvidas. Entretanto, seu prazo de validade expira em 2012, o que pode abrir uma lacuna entre o protocolo atual e um próximo, ainda em debate na ONU.

“Vamos coordenar com a União Europeia nossa posição em Durban, que é um marco importante de discussão da sobrevivência de Kyoto”, disse Patriota, complementando que o Brasil apoia a continuidade do acordo climático. (Fonte: Eduardo Carvalho/ Globo Natureza)

Setor ambiental vê Copa como oportunidade para 'economia verde'

Dois dias de discussão em Manaus mostraram o otimismo do setor ambiental e do governo no país para a sustentabilidade da Copa do Mundo de 2014, mas reforçaram a preocupação com o planejamento. O evento, organizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), trouxe especialistas de países que sediarão Mundiais anteriores para dividir experiências sobre como reduzir o impacto ambiental de megaeventos esportivos como os previstos para o Brasil pelos
próximos anos. Mais do que isso - os discursos são de como aproveitar a oportunidade.

O embaixador britânico no Brasil, Alan Charlton, trouxe ao país um pouco sobre os preparativos para as Olimpíadas de Londres no ano que vem. O discurso, comum à maioria dos palestrantes estrangeiros, foi de foco no planejamento de longo prazo - ideal lembrado também pela maioria dos especialistas brasileiros.

- A ideia de sustentabilidade precisa ser pensada no início do planejamento para evitar os chamados elefantes brancos. Nós queremos um legado, e por isso é necessário pensar em tudo: no solo, na água, no transporte, tudo isso é muito importante. Eu acho que de forma geral, o planejamento e a construção nesses megaeventos esportivos dão um exemplo para
o futuro. Como vai o mundo planejar nos próximos 20 anos de forma sustentável?

O embaixador sul-coreano Bak-Hyung Lee - que participou da organização da Copa de 2002 - reforçou a importância do voluntariado. Já o conselheiro da Cidade do Cabo, na África do Sul, Brett Herron, lembrou do legado físico de parques e transporte público que ficaram para o país após o Mundial do ano passado. Um dos mais otimistas sobre os efeitos positivos de um grande evento esportivo no país era, no entanto, o espanhol Pablo Vaggione. Mestre em Desenvolvimento
Urbano, ele mostrou as melhorias ocorridas em Barcelona após as Olimpíadas de 1992, e disse que o Brasil também poderia se beneficiar com a credibilidade na realização de um grande evento, da transformação urbana e do despertar para a atenção sobre o planejamento urbano.

Ministra do Meio Ambiente defende licença do Ibama para Belo Monte

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, defendeu nesta sexta-feira (30) a licença ambiental concedida pelo Ibama para a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu, no Pará, e disse que a liminar da Justiça ordenando uma paralisação parcial das obras nesta semana pode ser revertida.

Em junho, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama), autorizou o início das obras do empreendimento baseado em estudo de impacto ambiental.

“A concessão (da licença ambiental) de Belo Monte foi feita com todo rigor técnico e não houve nenhuma intervenção política. É um dos estudos mais sérios e completos realizados pelo Ibama”, disse a ministra em entrevista a jornalistas estrangeiros no Rio de Janeiro.

Na terça-feira (27), a Justiça Federal concedeu uma liminar (decisão provisória) determinando a paralisação parcial imediata da obra. A decisão atende ao pedido da Associação dos Criadores e Exportadores de Peixes Ornamentais de Altamira (Acepoat), cujos integrantes trabalham na região da futura usina. A empreendedora Norte Energia, responsável pela obra, informou em nota que ainda não recebeu notificação da Justiça Federal a respeito da decisão.

“O juiz deu uma medida cautelar para suspender a obra no intuito de verificar o contexto da denúncia. Assim como ela veio, ela pode cair, como já aconteceu anteriormente”, explicou a ministra.

De acordo com a ministra, o consórcio ainda pode apelar e “se o juiz consultar o Ibama sobre qualquer informação em relação à concessão da licença ambiental, o instituto terá todas as informações disponíveis”. Depois de concluída, a usina de Belo Monte será a segunda maior hidrelétrica do país, atrás somente da binacional Itaipu.

Embargo
A liminar, assinada pelo juiz federal Carlos Eduardo Castro Martins, proibiu a Norte Energia de fazer qualquer alteração no leito do Rio Xingu. A obra no rio ainda não começou. A liminar não impede, porém, a continuidade de obras de implantação de canteiros e de residências, por não interferirem na navegação e na atividade pesqueira.

Dentre as atividades proibidas pela Justiça no rio estão “implantação de porto, explosões, implantação de barragens, escavação de canais" ou qualquer obra que interfira no curso natural do Rio Xingu e possa afetar a população de peixes que ali vive.

A multa diária fixada pela 9ª Vara Ambiental em caso de descumprimento é de R$ 200 mil. Ao empreendedor, a Norte Energia, cabe entrar com recurso no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, com sede em Brasília (DF), segundo informações da Justiça.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Lixo Tecnológico: E Os Resíduos Recicláveis?

Na semana passada, omundo foi informado,pela imoprensa internacional, que um tremendo lixão espacial, desabou, caindo em algun lugar no planeta, ou parte dêle, deve ter se espatifado quando entrou na atmosméra terrestre; não se sabe se o mesmo danificou  alguma parte, ou caiu nos oceanos provavelmente. São os enormes satélites construidos pela inteligéncia humana que desenvolvem altas tecnologias para o bem e as vezes para o mau da humanidade,o bem é que por meio desses satélites o mundo fica pequeno pelos meios de comunicação. Em pouco segundos se sabe o que está acontecendo em qualquer parte do mundo. È a tecnologia.  E os resíduos? São dos mais diversos produzidos pelo desenvolvimento tecnológico, industrial, pelos plasticos,pelas construções, e eté pelos alimentos. Quando o Brasil não estava inserido como pais em desenvolvimento, eramos pais subdesenvolvido, o nossos alimentos era engordurados com gordura animal, o famoso toucinho e banha de porco. Ai a medicina entrou na jogada, alertando a população que aquela gostosa gordura podia levar as pessoas, a contrair colesterol malígino afetando em consequéncia o sistema circulatório, coração etc, Ai entra as pesquisas científica, e descobre que os caroços do algodão produzia uma gordura sadia: desenvolveu a famosa banha e oleo de caroço do algodão que dominou o comercio por bom tempo. O homem sempre a procura de dominar a natureza continua pesquisando, resultado é que encontrou naqueles carôcinhos parecido com o nosso feijão de cada dia, nada menos do que a Soja, antes, sem ter muita atenção do povo; foi na soja com os seus derivados que o Brasil encontrou o mapa da mina. Hoje somos um dos maiores exportador de alimentos, capitaneado pela soja. Entre os seus derivados está o OLEO que é usado em quase todas receitas da colinária brasileira, com predominância em frituras de carnes,peixes,batatas,bananas,sequilhos,pasteis,sonhos e muito mais, aumentando o volume de frituras em relação a o toucinho, e outros em mais de 1.000%. È dificil num carrinho de compras nas filas de supermercados e mercadinhos, não se ver no mínimo uma lata de oleo de soja. Eles colocados nas frituras e depois são jogados aonde? Se nas pias... Vão transformando em um objeto sólido em forma de pedra, entupindo,consequénte os esgôtos. Se jogado no solo, ele vai formar uma camada cascão que vai impedir a passagem da água pluviais para o lençol freático provocando escassés e contaminando o lençol subterraneo. Se for jogado nos córregos, riachos ele vai para os rios e lagoas,impedindo a luminosidade solar sobre as águas matando todas vidas aquaticas ,peixes e outras vidas por impedir a oxigenização das águas, quando fica as margens mata toda vegetação ciliar, enfim; o oleo de frituras causa todo esses males, o que fazer? A Ong. MOVIMENTO ÀGUA È VIDA, é uma entidade ambientalista sem fins licrativos em defesa da água, da saúde e do meio ambiente, com 14 anos de muitas lutas,está pedindo que você dona de casa, lanchonetes, bares,restaurantes, pastelarias, hoteis,industrias,sociedades de serviços, espacialmente as escolas de todas instáncias, para que nos ajudem nesse trabalho voluntário de tirar da natureza este terrivel resíduo poluidor do meio ambiente, nos endereços de contatos-(75)91733106-(75)92141972-E-mail-mavfsa@hotmil.com; que nós damos destino ecológico aos mesmos

Rede de OGR


Nesta quinta-feira 29/09, estiveram reunidos varais entidades que compõem a Rede de OGR (óleo e gorduras residuais) na Bahia o objetivo deste reunião foi para apresentar o projeto de OGR na Bahia a qual o MAV faz parte da mesma, varias entidades, empresas e bancos foram convidadas foi apresentado o projeto que será posteriormente encaminhado a vários parceiros. Participaram desta nossa reunião a Caritas, Arquidiocese de Feira de Santana, STR (Sindicato dos Trabalhadores Rurais) Embasa de Salavdor e Feira de Santana, o CIS (Centro Industrial do Subae), a renovação Católica Carismática, a Pastoral da Juventude da Arquidiocese, a Secretaria de Ciência e Tecnologia, a SUCAB (Superintendência de Construções Administrativas da Bahia) e o BNB Banco do Nordeste do Brasil
Na oportunidade a coordenadora da (PBIO) Petrobarsbiocombustivel Jeosafira propôs logo após o projeto ser realizado um evento em Feira de Santana com as emrpesas, governo municipal entre outros para fortalecer o MAV, o MAV propos para a EMBASA, CIS, CARITAS, BNB para uam reunião dia 18 de outrobro para buscar alternativas que busque sensibilizar futuro doadores de óleo para o MAV.
Agradecemos a participação de todo(a)s que vinheram de Salavdor, Camaçari, lauro de Frietas e o pessoal de Feira de Santana.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Cadê A Agenda 21 D Feira De Santana?

Participando da 11 quartas ambiental, evento ecológico, que é realizado nas última quarta feira do mês, sempre no auditório da secretaria da saúde, que tem como objetivos, abordar questões que envolve o meio ambiente em feira de santana. Os assuntos de grandes relevãncia, sempre ancorado por especialista contando com a participação das Ongs e da comunidade. Ocorreu nesta quarta feira o tema sobre o Rio Subaé, seus efluentes, lagoas e curso, abordado como resultado de um trabalho realizado pela UEFS. Foi bastante positivo as informações, que o rio subaé nasce realmente, entre a rua Adenil Falcão, e a comunidade Irmã Dulce, e renasce a direita da BR324, correndo até a lagoa do subaé, que antes era conjulgada com a lagoa do subaézinho hoje chamada lagoa salgada, antes separada apenas pela estrada que vai para o Calundú. Está na hora da comunidade dá mais énfase na revitalização do subaé o nosso patrimônio ecológico cultural. As quartas Ambiental é uma progamação do DPEA e Guadilhões do Meio Ambiente.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Bonito De Ver

Estivemos fazendo uma ronda, visitando algumas escolas da rêde municipal, acompanhado a equipe de DPEA, da secretaria de meio ambiente de Feira de Santana, tendo a frente o professor Horácio, e uma competente equipe de tecnicas dedicadas, na  progamação e organização da Eco-Gincana, iniciada no dia 21 passado, indo até 21 de outubro; quando se ralizará o grande momento comemorativo a primavera e o mês do Meio Ambiente. O que presenciamos foi o entusiásmos nas escolas, as duas que visitamos no simpático bairro da rua nova, na escola Celida Soares Rocha, a diretora Ana Claudia Basto da Silva nos recepcionou muito bem, apresentou já a quantidade de garrafas péti recolhida pelas crianças, e o interesse pela coleta do Oleo de frituras foi de nos dexar feliz . Na outra escola, Erasmo Braga, não foi diferênte; os alunos estão imbuidos de fazerem bonito nessa gincana ecológica, fazendo ver a grande quantidade de material péti e  o recolhimento do oleo de fritura , contando com o empenho maravilhoso da diretora; pró,Regane M. Gonçaveis dos Santos. O que nos deixou satisfeito foi o zelo com aqueles estabelecimentos de ensino, muito bem cuidados,que seja um exemplo para outras, os reflexos tem aparecido na melhoria das notas de avaliações anuais do MEC, em relação o ensino público. Nós estaremos visitando as outras unidades inseridas na  participação da Èco-Gincana 2011 com alunos realizando tarefas de plantio de àvores; recolhemento de garrafas péti e oleo de frituras. Os nossos parabéns antercipado a vocês.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Uma Boa Medida

Visitando nesta sexta feira o Centro de abastecimento, o maior do interior do nordeste, mais muito mau cuidado, pelos proprios feirantes que alí trabalham, comercializando uma diversidade de produtos alimentício originário basicamente da agricultura; deveria ser melhor conservado, tanto no aspécto fisico, quanto no que diz respeito a higiêne e organização, atendimento ao usuário. Achamos que uma reciclagem no pessoal, não faz mau. Não sei que é promivido periódicamente treinamento aquele pessoal que alí trabalha? As atoridade deve saber da importância turistica que aquele centro comercial representa para região? Percebí uma movimentação de máquinas e operários trabalhando, no servoço de pavimentação asfaltica na área , mais muitas obras precisa ser feita, e melhoramento organico para que visitantes tenham prazer de voltar ao nosso patrimônio turistico, e de serviços a comunidade. Com a palavra os gestores públicos do municipio. As arenas aonde deveria ser exibidos manifestações culturais regional para quém visita, estão a abandonadas, ao monumento do vaqueiro está escondidinho, com boa quantidade de lixo em volta e algumas barracas inespresivas por perto. A princesa não merece.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

O Poder Da Natureza È Muito Maior

Segundo a Ciência, sa fabricas e o ser humano,através da respiração,liberam co2 no ar,que é um dos gases responsaveis pelo aquecimento global. Veja bem, as árvores promovem o sequesto de co2,ou seja,elas o devoram,ultilzam-no ´para nutrir e, assim, diminuem a poluição do ar. Vêja que, 10mil m2 de floresta, por exemplo, sequestram,de diódoxido de carbono, cerca de 3,85 toneladas/ano;  é o suficiente,para neutralizar as emissões anuais de um onibus que trafega, 16 quilômetros /dia. Segundo as fontes de infomações, hoje o maciço de florestas plantadas no Brasil,absolve de co2, equivalente a 1 bilhão de toneladas /ano. E mais de  10% desse sequestro é absolvido pelas florestas plantadas na Bahia. Estima-se que o sequestro  de carbono pelas florestas baianas seja da ordem de 120 milhões de toneladas /ano. Ai vem o poder do Homem. O Protocolo de Kyoto é um acordo internacional, assinado em 1997, de combate ao efeito estufa, e também criou formas de desenvolvimento sustentavel para proteger o meio ambiente. Paises como o Japão e integrantes da união Europeia, tem obrigação de reduzir as emissões de gases prejudiciais á atmosfera, como co2, em 5,2%, entre 2008 e 2012. Esses paises podem comprar de paises em desenvolvimento, como o Brasil: crédito de carbono, certificados para pessoas,ou empresas que reduzam q emissão desses gases nocivo ao planeta. Convocamos todos, de todas idades e etinias,para juntos realçar esse momento, em que o meio ambiente é festejado pela Primavera a manifestar com ações, que pode ser, plantando e cuidando de uma árvore na sua rua, nasua casa, na praça do seu bairro para que todos tenham um clima saudavel, e manutenção da insubstituivel cadeia de vidas. ( VIVA A PRIMAVERA)

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Dia da Árvore - 21 de Setembro

Nem todos sabem entender o significado que existe numa árvore. Ela é um ser vivo como nós, e portanto nasce, cresce e morre, luta para sobreviver, pois tem apego à vida. Não nos prejudica, o que seria suficiente para respeitá-la. Mas tem outros valores. Protege a terra com sua sombra e suas raízes; evapora água, participando do ciclo hidrológico e mantendo o ar úmido; produz oxigênio, necessário a todos os seres vivos animais. Há as que fornecem frutos valiosos para a nossa alimentação, além de produtos medicinais ou industriais.

Devemos respeitar a árvore, não só pelo que é em si mesma, mas por ser necessária à nossa própria vida. Quando alguém destrói uma árvore, está destruindo uma fonte de vida no planeta.

No dia 21 de setembro comemoramos o Dia da Árvore, momento para refletir sobre a conservação da natureza e preservação das nossas matas. Momento para plantar mais uma árvore que um dia irá nos dar sombra e alimento, limpará nosso ar e preservará o solo do planeta.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

É Primavera: Vamos Curtir Feliz Com As Flores

É nesta quarta feira 21, que Feira de Santana, dá o ponta pé, inicial, pela secretaria municipal de Meio Ambiente e Recursos Renovável, e do seu departamento de projetos e educação ambiental e os parceiros as Ongs Movimento Água é Vida, Associação Ecológica Burití, SOS Rio Paraguaçu a rede Municipal de ensino e mais dois colégios estadual, da primeira Èco Gincana Ecológica de 21-09 a 21-10. Durante esse período haverá tarefas pré determinadas conforme o regulamento da gincana, que premiará as três primeiras colocadas com a 1* visita ao projeto Tamar em praia do Forte; segunda colocada uma visita ao Jardim zoológico em Salvador, e a terceira um belo passeio nos lugares mais importante da cidade de feira, as outras serão premiadas pela participação. As tarefas inclui plantação de árvores nas respectivas escolas e nos bairros já pré determinados recolhimento de garrafas Péte, Coleta de Óleo usados em frituras nas residências, etc, os pontos serão nas escolas pelas equipes competidoras da Eco Gincana. O final no dia 21 de Outubro será no Ginásio Municipal com grande momento ecológico. O prefeito Tarciso Pimenta estará dando inicio a gincana,plantando uma árvore na rua Leonilda Rocha neste dia 21, as 9:00hs, assim convidamos a todos da comunidade .

Cursilho de Feira de Santana

Nesta terça-feira 20/09, O MAV esteve apresentando o projeto "ÁGUA VIVA" que é a coleta do óleo de fritura e o azeite de dendê usado, na oportunidade falamos como sujiu o MAV, em seguida apresentamos nosso projeto, buscando assim fechar uma parceria com o Movimento de Curcilho da Arquidiocese de Feira de Santana, após nossa apresentação sugiram algumas perguntas apos as devidas explicações oficializamos a parceria.

Na pessoa do Professor Luciano Ribeiro agradecemos aos cursilistas e convidamos os mesmos para conhecerem nossa UTA (Unidade de Tratamento e Armazenamento) do óleo.

Estamos a disposição de movimentos, pastorais, associações de mroadores, sindicatos, escolas entre outros para apresentar nosso projeto.

Para maiores informações entre em contato pelos fones (75) 3491-1351- 9214-1972 e 9173-3106

domingo, 18 de setembro de 2011

A Vida Muda A Cada Minuto

Na semana anterior nós relatamos o fracasso dos times profissionais baiano nas ´séries A. B.e D todos perderam com a ecessão do time de vitoria da conquista, que venceu o time do mesmo estado o Bahia de Feira, eliminando totalmente do certame. Já neste domingo a maior torcida de toda região nordeste, a segunda maior média de público de todas divisão do futebol brasileiro, dormiu feliz, com a goleada em que o ESPORTE CLUBE BAHIA aplicou 3X0 no atual campeão brasileiro. o Fluminense do Rio de Janeiro: detalhe é que o Bahia no primeiro turno venceu o mesmo Flu. lá no Rio de Janeiro por 1X0, é isso ai Esquadrão de Aço, vamos sair dessa e honrar o futebol da boa terra na primeira divisão. Parabéns a grande torcida tricolor.

INSCRIÇÕES ABERTAS

FUG/EAD – FUNDAÇÃO ULYSSES GUIMARAES – QUE TEM NA BAHIA COMO PRESIDENTE COLBERT MARTINS, INFORMA QUE AS INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS:

· GESTORES PÚBLICOS MUNICIPAIS – CARGA HORÁRIA 83 HORAS INICIOS DAS AULAS – 21/09/11 – ÀS 19HS

· FORMAÇÃO DE AGENTES COMUNITÁRIA – CARGA HORÁRIA – 60 HORAS

INICIOS DAS AULAS – 23/09/11 – ÀS 19HS

ESTÃO ABERTAS

LOCAL DO CURSO: RUA VISCONDE DO RIO BRANCO, 475 – 1º ANDAR

MAIORES INFORMAÇÕES PELO FONE (75) 3491-1351 -9214-1972

É Isso Aí Feira DE Santana: Feliz Aniversariante Do Dia


Você me adotou, a partir dos meus sete anos. Feira de Santana,hoje a grande Princesa do Leste ao Sertão do estadão da boa terra-Bahia. Feira que eu ví, alí na rua senador Quintino, por lá entrava,quem vinha de Salvador e todo Recôncavo,do posto velho,do ferro de engomar,ponto de referência rodoviário, da estrada de ferro que tinha o seu terminal ferroviário no fundo da Catedral Matriz;hoje ,feiraguai. da rua Conselheiro Franco, com a praça da Matriz no inicio, na sequência, a imponente escola Normal, depois Faculdade;hoje o CUCA, de Marinho & Santos,grande centro distribuidor comercial de toda região na época, da Filarmônica Vitória; 25 de Março, e o Montipio dos Artistas Feirenses, da Filarmónica Euterpe Feirense, da casa império Ferragens Ltda, da cx economica, da padaria Duas Américas, da secular Igreja dos Remédios, do casarão dos Carneiros,da sede do FFFC, onde eu votei pela -primeira vez,da praça Frós da Mota, da vida noturna movimentada no baixo meretricio da rua do meio, Sales Barbosa a partir da praça dos remédios até o minadouro, do Cassino do seu Óscar Tabaréo, do cinema Ires, Santanópolis, Plaza e Madri, grandes filmes exibidos para nós, dos deliciosos pães das padarias da Fé e os biscoitos Fortaleza e os pães Asas da padaria União na av. Sampaio, apelidada de ABC,do formador de grandes profissionais da Contabilidade o Ginásio Santanópolis, dos sorvetes deliciosos das soveterias Suêto no local do Bradesco c. franco,Brasil e Marabá,dos bábas no Orto da rua de Aurora, do acarajé de Dona Dolores na esquina da farmácia Agrário, dos shows, musical no passeio da loja pernambucana as segundas feiras, para os feirantes,das Lavagens da Matriz, e Lavagem da lenha, grande foclore durante as festas de senhora Santana, do Trem tracionado por locomotiva Maria fumaça vindo e indo para Cachoeira e Salvador, do transporte de luxo sobre trilhos, o Auto Motriz levava passageiros tipo classe A, os menos votados viajava palas Marinétes da empresa Santana, pioneira no género.do Mercado Municipal e do mercado do Fato, das Retrêtas musical vivenciado pelos feirenses e executada pelas as exelêntes Filarmónica existente na cidade princesa, as Escolas de Samba, cada qual procurava se apresentar sempre melhor em aito estilo, os carros alegóricos dava os momentos inesquesiveis de beleza e luxo,os clubes Sociais predominava o chamado Aristrocático Feira Ténis Clube, inclusive era destaque no Ténis no Nordeste, dos programas musical no bem equipado auditório da ZYN24 Radio Cultura, apresentado nas noites de domingos pelo famoso, Raimundo Oliveira, das escapulidas do bois nas segundas feiras, nas saídas do campo do Gado, onde hoje está o Fórum Felinto Basto,era uma festa. Não existia cidade nova, Sim, P. Ipê, Jardim Cruzeiro,Estação Nova veio no meio dos anos 50 Feiras 10, 6 4 7 Jomafa, Cel j. pinto, Conceição, S. Mónica, e outros. Assim aos 179 anos o que eu ví, e estou vendo caminhamos para sermos a feliz Rainha. Felicidades para todos que vivem e fazem da nossa amabilissima Feira de Santana tudo o ela representa para o planeta. VIVA FEIRA DO OLHOS DÀGUA E DAS SOMBRAS FRESCAS.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Foi Importante Os Debates

Ocorreu de 12 a 15 p/ passado no Centro de Convensões da Bahia em Salvador, a 8 Conferência estadual de Saúde, quando mais de 2.000 pessoas entre delegados de quase todos municipios participaram;inclusive, segundo informações, foi a conferência estadual com o maior quantidade de participantes no Brasil em 2011. Feira teve uma representação consideravel, apresar de ´só ter um representante titular representando o segmento usuário. Observamos que da útima conferência realizada a quatro anos; Houve alguns avanços  do sistema SUS no estado da Bahia, precisamos avançar muito mais. De qualquer forma a conferência foi satisfatória. A comunidade deve continuar mobilizada constantemente só assim  podemos exercer o controle social na saúde pública, minimizando os sofrimentos da população menos favorecidas, economicamente.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Julgamento Colbert

Colbert obteve importante vitória na Justiça Federal. Ele foi liberado da prisão em Macapá mediante um Habeas Corpus, ou seja, um instrumento provisório que ia ser analisado e julgado pelo STF. O julgamento foi ontem, o "promotor" que o acusou insistia para que o pleno do tribunal rejeitasse o recurso do advogado e defendia que Colbert deveria voltar para a prisão e pagar a fiança de R$ 109 mil (que os outros pagaram). Por unanimidade, os juizes recusaram os argumentos do promotor. A liberdade e o não pagamento da fiança agora são definitivos. Esse ato certamente repercutirá positivamente no julgamento do processo. Colbert continua afastdo das funções, porém com remuneração (decisão da Justiça).

domingo, 11 de setembro de 2011

O Futebol Profissional Da Bahia???

Um fim de semana para nenhum torcedor do futebol profissional baiano sentir falta. O Vitoria ralando na segundona, não consegue decolar; sétimo colocado num campeonato,em que a maioria abssoluta dos times são considerado pela massa torcedora como times mamão. Os nossos gloriosoa times do interior, representantes do futebol da Bahia na quarta série a famosa série D os dois foram eliminados; para cumplicar as coisas o time de Vitoria de Conquista não tinha conseguido nenhum triunfo, só um empate na competição: O agora famoso tremendão, legítimo e brilhante campeão baiano da temporada 2010, esperança do futebol do interior e revelação possivel do futebol do nordeste, foi desclasificado exatamente pelo time de Vitoria de Conquista pode? O Tricolorido maior do estado, foi a Minas Gerais, perdeu feio para o esquisito time do Atletico daquele estado , voltando para salvador na zona perigosa, é o primeiro da turma que estão na zona que leva ao rebaixamento. Triste fim de semana para os desportistas torcedores do futebol baiano, que é preciso ser repensado urgente.

sábado, 10 de setembro de 2011

Mais Uma Vez Vamos Discutir As Questões da Saúde Básica No Brasil

Vai acontecer na próxima segunda feira, a instalação de mais uma Conferência de Saúde em Salvador, quando milhares de pessoas entre prestadores de serviços de saúde e usuários. vão debaterem dentro dos três Eixos temáticos;sendo o eixo n.1: Politicas Públicas, Politicas de Saúde e Seguridade Social. No eixo -2-Participação,controle Social e Incremento À Ação Comunitária. E finalmente no eixo-3-Os Desafios da Gestão do SUS Para A Reorientação Dos Sistemas De Saúde. Feira de Santana estará sendo representada por 30 Delegados eleitos na última conferência municipal para este fim. Esperamos ações efetivas dos nossos representantes,para que juntos com outras representações de todo estado possamos eleger diretrizes a serem levadas á Brasília no fim do ano na conferência Nacional; que venha minimizar as angústias com que passa a população, cada dia menos assistidas pelo sistema SUS. Estaremos informando os resultados dessa conferência que vai ser de 12 até o dia 15, boa sorte para os nossos delegados.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Ecologia E Comunidade Indentificação Perfeita

Inclivel, Feira de Santana, das sombras e das águas frescas. Essas conincidências reflete em alguns bairros, Exemplo: Olhos Da àgua, naquele local onde existiu as nascentes que atraiu os boiadeiros a fazerem paradas iniciando assim o primeiro povoamento. Tanque da Nação, alí tinha uma enorme lagoa, ficava bem em frente do conjunto feira 4. Tanque do Urubú; ficava proximo onde hoje fica o conjunto feira 9. Barro Vermelho era uma rampa ante do tanque do urubú a cor da argila realmente era um barro avermelhado. Barauna deu pelo povoamento surgir proximo a enorme árvore do mesmo nome. Lagoa do prato Raso: Um conjunto de lagoas inclusive próximo existia a chamada lagoa do sangue que recibia os dejetos do antigo matadouro municipal na parte que fica para o norte uma pequena comunidade residia as margens, hoje conjunto Centenário. Campo Limpo, local adequado para as pesquisas agricóla, lá implantou o Instituto do Fumo. Aviário; Campo de pesquisas experimental para desenvolver criatório de Aves. Pedra dos Descansos: Alí por ser uma região com muitas pedras rica em manaciais ; Tres riachos e outros córregos e Rio Jacuipe, lugar propício para descansar. Eucalípito; Uma fileira de pés de eucalípitos a margen da BA Salvador Feira, alí os Páus de araras paravam nas sombras dos eucalípitos para fazer a cobrança aos passageiros vindo de outros municipio pasa a grade feira livre as segundas feira dando origen ao nome do sub bairro. O mais novo bairro Lagoa Grande; originário da ocupação da população sem teto, transformando  em bairro. Parque Ipê: No norte da cidade. Origem povoamento em consequência do primeiro conjunto habitacional do sistema financeiro de habitação URBIS no interior Cidade Nova apelidada pela população na época, naquele local existia as árvores mais famosa da Bahia depois do Jacarandá, assim o bairro Parque Ipê. Tornando cultural as denominações dos bairros ecológicamente, e a população deve preservar essa cultura. O que nos deixa triste é o desleixo com o nosso patrimônio cultural exemplo nas fotos acima, a Filarmõnica 25 de Março, o Montipio dos Artitas Feirense, e a Filarmônica Vitória detantas glórias na cultura do Brasil por meio da música e da formação de tantos mestres da musica, pede socorro. Quém vai salvar

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

A Independência Que Todos Brasileiros Precisam Já

Mais um 7 de setembro; mais uma oportunidade para população, principalmente das médias e grandes cidades participarem, do momento cívico, nas avenidas,ruas, praças, estádios, por onde ouveram os disfiles de tropas militares,escolas, colégios, e outros tipos de manifestações, testemunhando com fidelidade o espírito de patriotismo de cada brasileiro esperançoso de uma patria com menos deseguadades social, com uma educação de qualidade para todos, uma prevenção a saude; e a cura seja para todos, que haja mais união entre as pessoas, que os preconceitos não seja prioridade,que não seja preciso batalhões de policiais, sim milhões de amigos, forma de abolí a violência, que o QI dos jovens seja mais forte do que estimuladores químico, assim podemos ter uma nação com menas drogas e sem drogados. Que os legisladores tenham menos espirito corporativo de grupos, e trate da representatividade como um todo.Que a nossa justiça seja mais ágil pricipalmente quando o assunto toca aos mais poderosos. Que diga não qualauer tipo de corrupção. Que este 7 de setembro seja refletido baseado nas manifestações nas ruas pelo o Grito dos Excluidos e muitos outros; citando um problema crucial que tem a ver com toda camadas social que é a preservação do Meio Ambiente, em todos lugares desse pais.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Visita à UTA



Nesta terça-feira, 06/09/2011, estiveram visitando à UTA (Unidade de Tratamento e Armazenamento do óleo) as religiosas Inês, Felecida, Juceli, Íria Munosos, Íria Cristofaline, Helena, Juliete, Sueli, e o Altamiro (Pastoral Social).
Na oportunidade, falamos para os visitantes o desafio do projeto (Água Viva-coleta de óleo de fritura e azeite de dendê) e da necessidade de continuarmos sensibilizando e mobilizando as nossas comunidades, à exemplo de Altamiro na Paróquia de Todos os Santos. No término do encontro, as Irmãs se compromissaram a colocar em prática a Campanha da Fraternidade, cuidar do planeta, também no papel de sensibilizar as suas comunidades.
Agradecemos aos visitantes e estamos à disposição de qualquer pastoral, grupos ou movimentos que queira nos visitar.

Mais Capacitação Para Educadores E Membros da Sociedade Civil

Ocorreu neste 5 e 6 de setembro, numa parceria da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e VIA Bahia concessionária de Rodomas; ministrado pela AMBIENS Solução Ambientais, pelas Dras. Ana Paula Giorgi e M.Sc.Patrício Lopes, isso significa que Feira de Santana procura situá-se numa posição de vanguarda na qualificação de pessoal no que diz respeita a educação ambiental na base, que é as escolas, tendo as crianças como os melhores agentes sensibizador no seio da familia, começando aprender cuidar do meio ambiente na infancia e adolecência. Quanto as Ongs sendo capacitadas a muitiplicar ações na sociedade na luta pela sustentabilidade ambiental. Foram dois dias de aprendizado debates, troca de experiências. Esse curso de capacitação terá quatro módulos em quatro etapas. Interessante é o trabalho do DEAP que tem o diretor prof. Horácio Amorim, e uma equipe dedicada realizando um bom trabalho. Esperamos a cooperação da comunidade para feira seja uma referência no nordeste pelo menos.

Apresentação




Nesta terça-feira 06/09/2011, estivemos no Centro Integrado de Educação Assis Chateaubriand para apresentar o projeto "ÁGUA VIVA" Coleta de óleo de fritura e azeite de dendê, aos alunos deste colégio, como fazemos em todas a apresentação deste projeto falamos um pouco da história do MAV e das as atividades realizadas e apoiadas por nossa ONG, em seguida apresentamos nosso projeto onde buscamos sensibilizr e mobilizar os alunos, professores e diretores deste colégio e tiramos algumas duvidas dos aluno(a)s. Após a apresentação tivemos uma reunião com a diretora Sandra Kely Machado Bastos Santana onde fechamos uma parceria para colocar um ponto de coleta do óleo de fritura e dendê usado, que será para os aluno(a)s, funcionário(a)s e professores(as) descartarem ecologicamente correto o óleo de fritura das suas residências.
Na oportunidade agradecemos a toda direção do colégio na pessoa da professora
Marcia Cristina, e estamos a disposição do colégio sempre que precisar.

domingo, 4 de setembro de 2011

Sustentabilidade Verdade Ou Modismo...

O Rio de Janeiro vai receber nos dias 27 e 28 de setembro, o Sustentavel 2011,4*congresso Internacional sobre Desenvolvimento Sustentavel. Com o tema Visão 2050: agenda para uma nova sociedade, o evento vai reunir especialistas mundiais no assunto, CEOs das maiores empresas do Brasil e sociedade civil em torno  de discussões dos novos rumos da economia verde. Entre os onvidados confirmados estão o economista Indiano e sx-assesor especial do PNUMA,Pavan Sukhdv, o presidente-ex-executivo da Global Reporting, Initiative (GRI),Emst Ligteringen;o diretor do cento de Exelência de Desenvolvimento Sustentavel da India,Sachin Joshi;o coordenador-ex-executivo da ONU para a Rio+20, Brice Lalonde.e a Ministra do Meio Ambiente, Izabella Texeira. O Congresso é realizado pelo Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentavel (CEBDS). (fonte revista Planeta)

Usina Solar Brasileira
A MPX Solar,do empresário Eike Batista, Inaugurou em agosto , a primeira usina solar comercial do Brasil, em Tauá, no sudeste, do Ceará. Noma área de 12 mil mil metro quadrados estão agrupadoa 4.680 painéis,cada un com 18 quilos,que podem gerar até um megawatt (MW),suficiente para abastecer 1.500 domicilios. A Agencia Nacional de Energia Eletrica (Aneel) já autorizou a MPX Solar a ampliar a capacidade da usina até 5MW. Uma iniciativa um pouco tardia mas auspiciosa em um pais com  a sol exuberante o ano todo; pode considerá  projeto sustentavel.(fonte revista Planeta)

sábado, 3 de setembro de 2011

Chegou Setembro

Quando chaga o mês de setembro,muitas coisas maravilhosas acontece,os 68% de cristãos católicos,segundo pesquisas é a quantidade no Brasil atualmente,celebra o maês da Biblia sagrada, é o mês das flores, com elas vem a primavera; é o mês do maio ambiente,todos são convidados para preservar mais ainda o meio ambiente;na religião afro, é festejado a memória dos médicos santificado Cosme e Damião com oferenda do cardápio Africano, caruru e vatapá,principalmente para as crianças, costume e tradição, é o mãs do meu aniversário 3 e de muitas pessoas conhecidas e famosas, motivo para esquecer-mos as coisas negativas ocorridas no mes anterior,na esperança de setembro nos propiciar as alegrias e felicidade, para  todo povo brasileiro: que nos livre da violência, corrupção,que os legisladores e gestores públicos sejam inspirados na condução dos nossos municipios, estados e da nação, para o bem está de todos, SETEMBRO.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Visita




Visitamos hoje a nascente do rio subaé e infelizmente ainda tem muito esgoto correndo ao céu aberto, muito tem se falado da realidade porem as atitudes na pratica precisa avançar precisamos de uma grande sensibilização e mobilização dos poderes públicos, iniciativa privada, sociedade civil organizada juntamente com a comunidade para que possamos dá um basta naquele crime ambiental.
sabemos que algo isolado esta sendo feito já é um avanço porem a natureza pede socorro.
Na oportunidade visitamos as árvores que foi plantadas pelos guardião do meio ambiente da secretaria municipal de meio ambiente.


Um Grande Projeto

Ocorreu nesta quarta feira,31 a décima primeira edição do progama ecológico intitulado; as quartas ambientais. Com um ano de implantação pela sacretaria municipal de meio ambiente, coordenada pelo departamento de educação ambiental (DPEA), e o progama os Guardiões do Meio Ambiente, que tem a participação da rede municipal de ensino fundamental; a sociedade civil representadas pelas Ongs e Associações comunitárias, sociedades de serviços; poder publicos das tres esféras ativamente com a EMBASA e outros ógãos, setor produtivo e a comunidade. Os temas abordados nas edições anteriores foram de relevancia fundamental para o meio ambiente, nessa quarta feira foi debatido as questões preocupante uma vez que; é de saude pública,conforme o médico  otorrino Marcio Carvalho  palestrou sobre as lesões no aparêlho auditivo, que pela intensidade do som provocado inpune na cidade leva a muitas pessoas ficarem com deficiencia de audição. A irritação da comunidade prejudicada nas ruas, bairros, provoca discusões, agressões, brigas e até humicídios, com familias perdendo entre queridos. O major coordenador de operações ddo lBPM, foi taxativo em afirmar que  a situação passa pelo crivo do meio ambiente, SMTT,e  uma parceria com a PM, para que as Leis possa serem cumpridas, punindo e reprendendo os infratores que poluem a cidade com sonoridade muito acima do que pode ser suportavel .por seres humanos. O ditetor de fiscalização e licenciamento do SEMMAM, eng. Lucilio Flores, falou das dificuldades enfrentadas pelos fiscais, quase sempre são ameaçados pelos infratores. Representando a sociedade civil pelo movimento água é vida Vifaldo França defende a tese da sensibilização da sociedade, em forma de multirão, com mecanismo de práticas edudativa nas familias estendendo nas escolas,e para os desordeiros a repressão policial. O debate vai continuar e todos são convidados para proxima quartas ambiental.